fbpx

Ditados populares que falamos errado

 In Comportamento

Os ditos populares ou ditados populares são frases curtas e diretas que estão presentes no imaginário popular e revelam uma enorme riqueza cultural presente na sociedade. Na maioria das vezes não conhecemos a origem desses ditados populares, mas entendemos e sabemos perfeitamente sobre os seus significados e como expressá-los nos momentos mais inusitados.

Outro fato muito curioso e engraçado é que muito desses ditados sofreram modificações ao longo dos anos sendo falados erroneamente se comparados à forma original, estendendo-se até os dias atuais.

Ditados populares

1 – Quem tem boca vai a Roma

Ditados populares que falamos errado - Quem tem boca vai a Roma - Lado MulherDitado original: Quem tem boca vaia Roma. Esse ditado surgiu como forma de protesto para reforçar a indignação em relação aos imperadores que maltratavam o povo ou por qualquer outro tipo de descontentamento por parte da população, portanto, aqueles que tinham boca deveriam vaiar a Roma. No entanto, as duas formas desse ditado tem lógica, pois o primeiro indica que quem tem boca e se esforça vai para qualquer lugar, o que faz todo sentindo.

 

2 – Quem não tem cão, caça com gato

Caça com gato - Lado MulherForma original: “Quem não tem cão, caça como gato” ou seja quem não tem cão caça sozinho, pois o gato é um animal conhecido pela sua independência e costume de caçar por conta própria.

 

3 – Cor de burro quando foge 

burro3A forma correta dessa expressão é “corro de burro quando foge”, até porque o burro não muda de cor ao fugir, e ao fugir ninguém é bobo de ficar por perto, não é?

 

4 – São ossos do ofício 

Ditados populares que falamos errado - ossos do ofício - Lado MulherForma original – São ócios do ofício, ócios significa repouso, descansar, não fazer nada.

 

5 – Enfiou o pé na jaca

Pé na jaca - Lado MulherForma original: Enfiou o pé no jacá. O jacá é muitas vezes feito de bambu, trata-se de um cesto trançado que geralmente é carregado por mulas com mercadorias, frutas, legumes entre outras coisas. O jacá era constantemente usado por tropeiros que tinha o costume de se embriagar e ao subir nas mulas acabavam enfiando o pé no jacá na hora de partir. Com o passar do tempo o utensílio jacá foi substituído pelo termo jaca, que é uma fruta.

 

6 – Cuspido e escarrado

Mick Jagger e Lucas mick Jagger- Lado MulherUsamos esse ditado para indicar quando duas pessoas são parecidas fisicamente. Existem duas versões que explicam esse ditado, uma delas diz que o ditado original é “esculpido em carrara”, carrara é um mármore italiano. Outra origem para esse ditado considerado também como sua forma original é a expressão “esculpido e encarnado”.

 

7 – Não para quieto, parece que tem bicho-carpinteiro

Ditado popular - Lado MulherNa verdade a versão original desse ditado é: Não para quieto, parece quem tem bicho no corpo inteiro.

 

 

Leia também um artigo especial sobre Dicas para curar a ressaca indesejada

 

 

Recent Posts